silêncio.jpg

Cinema

 
Metamorfose

Prós – Uma história de cortar a respiração, com atores incríveis.

Contras – Muito violento para quem não goste de terror psicológico.

Clarice Starling é uma aluna da academia do FBI que é enviada para entrevistar o prisioneiro Hannibal Lecter, um psiquiatra brilhante, mas também um psicopata violento e um assassino canibal. O objetivo é descobrir pistas para identificar um assassino em série que mata jovens mulheres, retirando-lhes uma parte da pele e deixando uma mariposa nas suas gargantas.

O Dr. Lecter é a personificação do mal, mas gostamos dele por ser charmoso e por ser muito educado com a Clarice. Ele concorda em colaborar mas não dirá uma palavra sem receber contrapartidas em troca, incluindo mudar para uma prisão com um quarto com janela.

Apesar de ser um filme de 1991, já quase com 30 anos, apresenta-nos uma história atual, numa altura em que se fala tanto de igualdade de género. Ao contrário de outros filmes policiais, a personagem principal é uma mulher inteligente, rodeada de homens, polícias e assassinos, e suficientemente determinada para conseguir convencer o psiquiatra condenado a prisão perpétua, a colaborar.

Vencedor de vários prémios, incluindo cinco Óscares, entre os quais, melhor filme, melhor ator principal e melhor atriz principal, apresenta uma história cativante que nos prende ao ecrã à espera que o mistério se resolva, seguindo as pistas de Dr. Lecter e acompanhando a metamorfose do assassino em série, da agente Clarice e do psiquiatra, levando-nos a um final inesperado.

 

O Silêncio dos Inocentes

de Jonathan Demme

Madalena Vitorino

11º E